= google books

contoshumor

Não é todo o mundo que compra um livro sem dar uma folheada nele antes. Achava que essa era uma das poucas desvantagens da internet nesse sentido (porque tem aquele lance de textura, capa etc e tal que quem é doido por livro sabe do que estou falando).  Esse problema parece ter acabado. Foi com certa surpresa que descobri recentemente que o Google Books não é apenas para aquelas obras que já caíram em domínio público e que é possível ‘folhear’ (e até mesmo ler alguns contos ou capítulos inteiros) também por lá.

Para experimentar, clica aqui ó.

* trechos de livros que andam por aí (xii)

Werther_cover

Chegamos ontem aqui. O embaixador acha-se indisposto e deverá guardar o leito por alguns dias. Se Ele tivesse um pouco mais de boa vontade, tudo iria muito bem. Sinto perfeitamente que o destino me reserva bem duras provas. Mas, coragem! Com bom humor tudo se suporta… Com bom humor! Rio-me ao verificar que essas palavras me pingaram da pena. Oh! Bastar-me-ia um temperamento um pouco mais confiante e mais indiferente para fazer de mim o homem mais afortunado que o céu cobre. Como! Vendo outros, felizes na sua apoucada suficiência, tirar partido da sua débil capacidade, das suas habilidadezinhas, desesperar-me eu das minhas forças e dos meus dons naturais? Ó Deus, que me concedeste tudo isso, podias dar-me apenas metade, contanto que me incutisses confiança em mim mesmo e contentamento de espírito!

Paciência, paciência! Tudo isso há de passar, porque reconheço meu amigo, que você tem razão. Depois que me vejo diariamente metido com estes sujeitos, e noto o que Eles fazem e como fazem, vivo mais satisfeito comigo mesmo. Certamente que sim, pois sendo da nossa índole compararmo-nos a todas as coisas e comparar todas as coisas conosco, a nossa felicidade ou a nossa desdita dependem dos objetos desse confronto; de sorte que nada e mais perigoso para nós do que a solidão.

(Johann Wolfgang von Goethe, in Os Sofrimentos do Jovem Werther)

= flist

FLIST

Rola no próximo final de semana a FLIST (Festa Literária de Santa Teresa), iniciativa do CEAT (Centro Educacional Anísio Teixeira). Bem modesta em relação à FLIP, de Paraty, que já está próxima – mas com uma bossa que só Santa Teresa tem, como o bondinho – este pode ser um excelente programa pra quem estiver pelo Rio no sábado, 16.

Quem quiser mais informações é só correr até o site do evento; aqui, ó.