= alain de botton escreve livro em heatrow

ALAIN

Alain de Botton, escritor e filósofo suíço radicado na Inglaterra apareceu com mais uma novidade. Depois da ‘casa de cursos’ School of life (escola da vida, em tradução literal), ele encara agora o desafio de escrever um livro em uma semana, com o ‘escritório’ montado no terminal 5 do aeroporto internacional de Londres. Enquanto ele cria, uma TV de plasma gigante mostra aos passageiros e transeuntes do ‘caótico lugar’ as palavras que ele vai digitando em tempo real.

Confira a matéria original aqui.

* trechos de livros que andam por aí (xiii)

“12. O perigo da confirmação do “eu” é que precisamos de outros para legitimar nossa existência, mas estamos, por isso, à mercê deles para ter uma correta identidade designada a nós. Se, como diz Stendhal, não temos caráter sem os outros, então o outro com quem partilhamos nossa cama deve ser um refletor habilidoso… ou então terminaremos deformados. E se formos amados por pessoas com os mais grosseiros erros de compreensão, as que nos negam um lado de nós mesmos pela pobreza de sua empatia? E a dúvida maior: os outros, por definição (porque a superfície do espelho nunca é lisa), não nos distorcem, seja para melhor ou para pior?”

(in Ensaios de Amor, Alain de Botton)