Como Ser
Como ser uma Boa Esposa no seu Casamento

Como ser uma Boa Esposa no seu Casamento

Se você está pesquisando como ser uma boa esposa, isso me diz muito a seu respeito.

Me diz que você é uma mulher comprometida com seu casamento, e disposta a fazer sua parte para que essa relação seja feliz, saudável, e duradoura.

Parabéns por ter esse comprometimento quando a maioria das pessoas assume uma postura acusatória, acreditando que só o parceiro(a) é que precisa mudar.

Não podemos mudar o outro, podemos mudar a nós e avaliar o resultado.

Dentro de um casamento, quando um dos cônjuges muda, o outro tende a reagir apresentando mudanças também. E se essas mudanças são positivas e benéficas para ambos, a relação se torna muito melhor.

Se você quer saber como ser uma boa esposa, aqui vão algumas recomendações essenciais.

 

Como ser uma Boa Esposa: A Base da Relação


 

Há três elementos que são essenciais para manter um casamento de pé: respeito, comunicação, e individualidade.

Isso forma a base de um relacionamento saudável – condição necessária para uma relação durar e ser satisfatória.

Esses elementos podem parecer óbvios, mas não são:

 

  • Respeito: Respeitar o outro, sua opinião, seu espaço, seu momento, suas emoções, suas decisões. Há momentos em que é necessário ceder, ao invés de começar uma luta de egos – isso vale para ambos.
  • Comunicação: Saber dizer com clareza o que quer; saber ouvir o outro sem julgamento. Não é no grito, na violência, na ameaça ou vitimismo, que as coisas se resolvem.
  • Individualidade: Ter os seus momentos sozinha, e permitir que ele tenha os dele. Casamento não significa estar grudado o tempo todo. Ter individualidade é quase um requisito obrigatório.

 

como-ser-uma-boa-esposa-central-das-orações-1

 

Como ser uma Boa Esposa: Os Requisitos


 

Tomando como base os elementos que citamos anteriormente, podemos considerar pelo menos seis requisitos essenciais para saber como ser uma boa esposa.

Vamos entendê-los melhor:

 

1. Seja a Melhor Amiga do seu Marido


 

Quando somos jovens, muitos fatores (por vezes irrelevantes) nos fazem escolher uma pessoa – como, por exemplo, a aparência.

No entanto, com o passar do tempo, da rotina, do cansaço, das modificações que a idade traz, o que nos mantém unidos e firmes no amor é a boa convivência.

E para conviver bem com seu marido, é necessário que vocês sejam não apenas bons amantes, mas também bons amigos.

A lealdade, a cumplicidade, o apoio, o acolhimento… São fatores essenciais que qualquer homem espera da mulher amada (assim como nós também esperamos do homem).

Logo, viver em “pé de guerra”, cobrando, sempre estressada, sempre crítica, é a melhor forma de destruir a atração entre vocês.

Para saber como ser uma boa esposa, fortaleça esse vínculo. Será que você não está estressada e apenas descontando nele? Resolva a fonte de estresse e tente ser um porto seguro para o seu parceiro.

No final do dia, todo mundo só quer paz.

Então sejam amigos, sejam íntimos, confidentes. Amizade e intimidade andam de mãos dadas.

 

2. Pratique a Compreensão


 

Homem dá trabalho, isso é fato. E se você quer saber como ser uma boa esposa, é preciso ser paciente.

Assim como mulheres têm particularidades que irritam os homens, seu parceiro também terá características e comportamentos que te irritam, e é preciso saber lidar com isso.

O nosso emocional é reflexo da forma como lidamos com as situações cotidianas.

Por vezes uma atitude que te tira do sério não está sendo feita de forma consciente. Outras vezes as reações explosivas não têm a ver contigo, mas são reflexos de que algo não está bem com ele mesmo, e você foi apenas a válvula de escape.

Obviamente é preciso que isso seja exposto e conversado. No entanto, no calor do momento, a nossa primeira ação é REagir. Não reaja; AJA. É diferente.

Reagir é tomar uma atitude perante à forma como se sentiu com aquilo que seu parceiro fez. O emocional está abalado, e não é possível enxergar com clareza o que há por trás do problema, o real problema. É o bate-boca.

Quando você age, você está buscando compreender o que está por trás daquela atitude, com racionalidade, sem levar para o lado pessoal, e oferecendo uma resposta que ajude a resolver o problema, e não a fortalecê-lo.

 

como-ser-uma-boa-esposa-central-das-orações-2

 

3. Aprenda a se Comunicar


 

Eis a chave de um relacionamento saudável e duradouro.

Se você quer saber como ser uma boa esposa e ter um casamento feliz, desenvolva habilidades de comunicação junto com seu parceiro.

Todos os casais que enfrentam problemas na relação, possuem falha ou total ausência de comunicação.

Há uma inabilidade em expressar com clareza o que pensa e sente, e em entender com profundidade o que o outro pensa e sente.

Some-se à isso, por vezes, a ausência de empatia; a dificuldade em se colocar no lugar do outro e realmente tentar entender o ponto de vista dele.

Todos nós carregamos uma grande bagagem de vida. E essa bagagem, por vezes, é repleta de traumas, medos e bloqueios. Mesmo sem querer, isso afeta a forma como enxergamos e lidamos com nós, com os outros, e com o mundo.

É óbvio, e esperado, que duas pessoas com bagagens diferentes apresentem conflitos em algum momento. E é aqui que a comunicação (ou ausência dela) faz as coisas tomarem rumos bem diferentes.

Logo, dediquem tempo a estudar sobre CNV (Comunicação Não-Violenta), para aprender a desenvolver diálogos saudáveis e produtivos, que focam em resolver problemas e não em alimentar rivalidades.

 

4. Ajuste suas Expectativas


 

Socialmente falando, temos uma noção deturpada sobre o casamento.

Fazem parecer que é um conto de fadas, onde tudo é simples, e o felizes para sempre é real.

Infelizmente não é bem assim que funciona.

Na vida real, a única responsável pela sua felicidade é você. A única que sabe perfeitamente o que te faz bem ou mal é você. Logo, esperar que o outro te faça feliz, é a receita para o desastre e a frustração.

Você é responsável pela sua felicidade, e ele pela dele. E ambos, felizes, somam forças para tornar a vida ainda melhor estando juntos.

Esperar que o homem adivinhe suas necessidades, faça por você tudo que você ACHA que é função dele (quando as vezes é sua), esteja sempre emocionalmente disponível para te agradar e te fazer feliz, é resultado de uma visão distorcida sobre o casamento.

Seja feliz, individualmente. Cuide da sua autoestima, da sua autoconfiança.

Tenha sua individualidade, seus momentos sozinha, seus momentos com boas amigas; e deixe que ele tenha o espaço dele.

Tenha seus hobbies, seu lazer. Não dependa de alguém para se sentir feliz.

Ao depender dele, você deixa seu bem estar fora do seu controle, e ainda coloca sobre o homem um fardo difícil de carregar. É complicado ser o responsável pela felicidade de alguém. Não dê essa carga, nem pegue a carga dele para si.

 

5. Peça Sabedoria a Deus


 

Não é fácil manter um casamento sólido e saudável. É um desafio diário, como uma plantinha que precisa ser regada e cuidada.

Haverá dias bons e ruins. Haverá dias onde será fácil lidar, e dias onde você vai querer desistir de tudo.

O que fazer nessas horas? Peça aconselhamento a Deus.

Peça sabedoria para entender e agir corretamente.

Peça sabedoria para ter clareza e discernimento.

Peça sabedoria para resolver os problemas e ser perseverante.

Ninguém entende melhor a sua dor e as suas dificuldades do que Deus. Ele sempre te guiará pelo caminho certo. Apenas escute-o.

Fique bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.