Como Ser
Como ser uma Pessoa Interessante: 6 Passos Práticos

Como ser uma Pessoa Interessante: 6 Passos Práticos

Pesquisando como ser uma pessoa interessante? Então vamos falar sobre isso.

O primeiro questionamento antes de responder essa pergunta é: O que significa ser interessante? Esse conceito pode ser bem diferente para muitas pessoas, concorda?

Logo, o que é ser interessante para você? Como classifica isso?

Será que, no seu ponto de vista, ser interessante envolve alguma dessas características abaixo? Veja:

 

  • Ser admirada e estimada pelas pessoas;
  • Receber mais elogios;
  • Saber atrair (e prender) a atenção das pessoas;
  • Fazer as pessoas quererem te conhecer melhor;
  • Elevar sua autoestima;
  • Causar fascínio nas pessoas;
  • Se sentir parte de um grupo;
  • Ser mais sociável e extrovertida.

 

Questione-se: “O que eu pretendo conseguir sendo mais interessante?”.

Será que você está buscando saber como ser uma pessoa mais interessante apenas por carência afetiva? Por que se sente desvalorizada, irrelevante, desprezada, ou até mesmo invisível por ser solitária demais?

Ou simplesmente porque quer melhorar suas habilidades sociais?

Reflita a respeito.

As vezes você está esperando que as outras pessoas te façam se sentir melhor consigo mesma, e esse pode ser um caminho muito frustrante, já que a tarefa de se sentir bem deve ser sua – não delegue esse poder a ninguém!

Vamos lá entender 6 passos práticos para saber como ser uma pessoa interessante.

 

como-ser-uma-pessoa-interessante-terapia-da-palavra-02

 

Afinal, como ser uma Pessoa Interessante?


 

Segundo o dicionário Oxford, interessante é algo que desperta interesse, que motiva, que não entedia.

Logo, como podemos atrair o interesse das pessoas por nós de um jeito que cative, que fascine, sem deixá-las entediadas com nossa presença?

O ponto chave é: Tenha algo a oferecer.

Pessoas não se interessam por “mais do mesmo”, ou por alguém que não tem valor para agregar. Pense: O que você agrega na vida das pessoas?

Para te ajudar, aqui vão algumas recomendações:

 

1. Adquira Conhecimentos e Habilidades


 

Pessoas interessantes são repletas de conteúdo para oferecer; geralmente são inteligentes e possuem conhecimentos gerais, ou dominam algum tema específico (ou habilidade), com uma paixão que brilha os olhos ao falar.

Isso é muito fascinante!

Se você não dispõe de muito conhecimento que te permita conversar sobre vários temas, é hora de começar a adquirir esse conhecimento (livros, documentários, filmes e séries, são boas fontes geradoras de conteúdo).

É muito frustrante conversar com alguém que não tem repertório e está sempre falando das mesmas coisas (pior ainda quando são assuntos vazios).

Ao ampliar seu repertório você se tornará muito mais interessante – e atraente! As pessoas gostarão de ouvir o que você tem a dizer. E se é algo que você demonstra ter muito entendimento, a sua opinião será tratada como algo relevante.

O mesmo vale para habilidades. No que você é bom? O que você domina a ponto de se destacar no que faz?

Se não identificou nada, experimente desenvolver novas habilidades – e a escolha vai de acordo com a sua personalidade.

Exemplos comuns: Aprender uma nova língua, dançar, desenhar, cantar, tocar, praticar algum esporte…

Quando você mostra que tem uma habilidade, as pessoas se tornam interessadas em saber mais a respeito, e costumam te procurar quando precisam de algo que você sabe fazer.

 

2. Esteja aberta a novos Pontos de Vista


 

É muito desgastante conviver com alguém que não aceita opinião contrária, que milita o tempo todo, e que se acha a dona do saber.

Não seja essa pessoa.

Saber dialogar é um requisito fundamental para saber como ser uma pessoa interessante.

Esteja aberta a conhecer outros pontos de vista, a ouvir opiniões sem atacar as pessoas, sem fazer birra, ou fechar a cara.

Como as pessoas se sentirão confortáveis para conversar com você, se veem que você não sabe manter um diálogo construtivo?

Ouvir e respeitar não significa concordar.

Treine-se a ser alguém que escuta e respeita quando as outras pessoas estão falando, sem atropelá-las, sem monopolizar a conversa, sem ficar dispersa pensando em como rebater o argumento…

Apenas escute, compreenda, pergunte o que o outro acha a respeito, e (se necessário) diga quando discordar, de forma educada.

Não há necessidade de, a cada palavra dita, você demonstrar insatisfação e dizer que discorda, como se fosse alguém do contra. Isso é muito chato. Sinceridade demais é chato, aprenda a dosar.

Há momentos em que a nossa opinião não precisa ser emitida, apenas julgamos em silêncio.

Quando as pessoas perceberem o quão respeitosa você é, e como é emocionalmente equilibrada para dialogar, você automaticamente será vista como alguém interessante e agradável de se ter ao lado.

 

 

como-ser-uma-pessoa-interessante-terapia-da-palavra-01

 

3. Aprenda sobre Storytelling


 

Storytelling é um termo muito utilizado no marketing, e diz respeito à arte de saber contar histórias de forma envolvente.

Já percebeu como algumas pessoas parecem ter o dom de prender nossa atenção enquanto contam alguma coisa? Isso é fascinante!

E diferente do que se acredita (que a oratória é um dom), é possível aprender a desenvolver suas habilidades de comunicação, e conversar de um jeito que faz com que as pessoas desejem te ouvir.

Comunicação é técnica. E uma vez que você aprende como construir frases, organizar a sequência dos fatos, fazer pausas estratégicas, escolher as melhores palavras e a entonação de voz adequada, você se torna capaz de prender e envolver as pessoas na sua fala.

Uma boa história desperta emoção em quem ouve, faz com que a pessoa se envolva, se identifique, e queira ansiosamente saber o desfecho.

Se você quer ser mais interessante, aprenda sobre storytelling.

 

4. Demonstre bom humor


 

Poucas coisas são tão atraentes quanto estar ao lado de uma pessoa bem humorada.

Você não precisa se tornar uma comediante para ser interessante; basta apenas não ser alguém que emana negatividade, vitimismo, e reclamação. Ninguém aguenta ficar ao lado de alguém assim.

Pessoas bem humoradas também têm dias ruins e difíceis, mas elas não deixam que isso as defina.

Na maior parte do tempo elas estão rindo, falando de coisas leves, fazendo comentários engraçados, rindo das brincadeiras dos amigos…

Uma pessoa interessante é alguém que sabe se divertir. Seja essa pessoa.

 

5. Mostre interesse Genuíno


 

Pessoas que só falam de si, e não demonstram interesse nos outros, definitivamente não são pessoas interessantes.

Assim como você quer ser notada e admirada, quer que as pessoas te deem atenção, as demais pessoas também carregam consigo uma necessidade de atenção e validação, e esperam que você possa cumprir este papel.

Quando você se mostra interessado em conhecer melhor as pessoas, em ouvir com atenção o que elas têm a dizer, em demonstrar que realmente está presente no diálogo, contribuindo com boas opiniões (quando necessário), as pessoas passam a te admirar.

Achamos uma pessoa mais interessante de acordo com a forma como ela nos trata.

Se você é egoísta e egocêntrica, sempre querendo ser o centro das atenções, sempre focando em si e ignorando o outro, achando que o mundo gira em seu redor, o resultado será afastar aqueles que estão perto, e se tornar uma persona non grata.

 

6. Conviva com Pessoas Interessantes


 

Já ouviu aquela frase que diz: “Você é a média das cinco pessoas com quem mais convive”?

Essa frase foi dita por um escritor americano chamado Jin Rohn, e fala sobre a importância de se conviver com pessoas que tenham algo a agregar no nosso crescimento pessoal – isso porque o meio em que vivemos influencia direta e indiretamente quem nós somos.

Se você está cercada por pessoas que não têm nada a te acrescentar – ou pior: só te colocam para baixo e te desmotivam – o seu modo de pensar, de sentir, de encarar a vida, e de se comportar, tendem a refletir exatamente essa ausência de valor.

Se quer saber como ser uma pessoa interessante, cerque-se por pessoas que você considera interessantes.

Pessoas com conteúdo, com amplo conhecimento, com habilidades, com opiniões bem embasadas… Pessoas com características que vão contribuir para o seu crescimento pessoal.

E não é necessário que essas pessoas estejam fisicamente presentes no seu cotidiano. Você pode usar a internet para preencher essa lacuna.

Acompanhe profissionais, perfis, canais, livros, tudo que possa te agregar valor.

Ao invés de perder seu tempo seguindo influencers que vendem ilusões, te manipulam, e te fazem se sentir inferior e incapaz, escolha seguir pessoas que vão te ajudar a se tornar a sua melhor versão.

 

 


Aplique essas dicas na prática, e verá que aos poucos se tornará uma pessoa mais interessante, com conteúdo a oferecer, que contribui para o crescimento dos outros também.

Mas, antes de tudo, certifique-se de que essa busca por ser interessante não é um modo de preencher um vazio emocional; uma dependência afetiva ou carência por aprovação externa.

Mantenha sua saúde mental em dia.

Pense nisso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.