Saúde Emocional
4 Habilidades para ter uma Vida mais Leve

4 Habilidades para ter uma Vida mais Leve

Afinal, o que podemos fazer para ter uma vida mais leve, mais tranquila, que faça nossos dias valerem à pena?

Vivemos em uma sociedade agitada, ansiosa, estressada, e que vive correndo contra o tempo.

No decorrer do dia, focamos em produtividade a qualquer custo, e deixamos o bem estar em segundo plano; para quando tivermos tempo, quem sabe – tempo esse que, para alguns, não existe, porque o bem estar nunca é prioridade.

O resultado é uma sequência de cansaço e frustração.

Que tal colocar o pé no freio, desacelerar, e tornar seus dias um pouco mais leves e prazerosos?

Vamos ver 4 habilidades para ter uma vida mais leve, aplicando apenas algumas mudanças simples de hábitos.

 

1. Mantenha a saúde em dia


 

O ambiente estressante pode ocasionar problemas que precisam de atenção, e que costumam se manifestar no corpo – e muitas vezes ignoramos ou apenas remediamos.

Ter saúde é a base para conseguir fazer a vida fluir nas demais áreas; logo, é importante sempre fazer um check-up para avaliar se está tudo em ordem no seu organismo – tanto fisicamente quanto mentalmente.

O esgotamento pode ser um grande incapacitante para a sua qualidade de vida, te levando até mesmo a desenvolver Burnout, a síndrome do esgotamento profissional por exaustão extrema.

Ou seja, viver uma rotina agitada demais, sob pressão, preocupando-se com o que está fora do seu controle, com um trabalho desgastante, em ambiente competitivo demais, ou com excesso de responsabilidades, é muito prejudicial.

Portanto, adicione à sua lista o hábito de visitar o médico e avaliar seu estado de saúde pelo menos uma vez por ano. Considere buscar ajuda psicológica também. Isso vai te deixar tranquilo e te manter saudável.

Exames básicos como: hemograma, colesterol, glicemia, exames de fezes e urina; normalmente são os mais solicitados pelos médicos, e extremamente necessários em check-up de rotina. Estar com a saúde em dia traz uma paz absurda!

 

como-ter-uma-vida-mais-leve-central-das-orações

 

2. Organize sua Rotina


 

Produtividade anda de mãos dadas com a organização.

A tal da “falta de tempo” nada mais é que uma desculpa para uma rotina desorganizada, onde dedicamos tempo demais à tarefas menos importantes, e deixamos para última hora o que é realmente necessário – o famoso viver “apagando incêndios”.

Uma rotina equilibrada deve levar em conta as horas de trabalho (focado, centrado), as horas de lazer, as horas de alimentação e de sono.

Experimente fazer uma divisão de tarefas, enquadrando tudo que precisa ser feito durante um dia em um dos quatro pilares abaixo:

 

  • Urgente
  • Não-urgente
  • Importante
  • Não-importante

 

Liste as tarefas que você executa em um dia e categorize.

Será que você não está ocupando o tempo livre com trabalho? Ou mesmo procrastinando tempo demais nas redes sociais, quando poderia usar esse tempo de outra forma – ou em menor quantidade?

Organizando as tarefas por ordem de prioridade, você pode focar nas que são realmente essenciais, e delegar ou reavaliar aquilo que pode ser dispensado sem trazer prejuízos.

Se as tarefas de casa também são um desafio para você, experimente saber mais sobre o Método FlyLady: uma estratégia de organização e limpeza, desenvolvido por Marla Cilley.

Entre no site flylady.net ou baixe o aplicativo FlyLady Plus.

Diariamente você terá pequenas tarefas diárias a serem feitas, criando uma rotina de organização fácil de ser aplicada. O app é em inglês, mas é possível traduzir e editar as tarefas.

 

3. Cuide do seu Corpo


 

Assim como é importante cuidar da saúde, é importante cuidar do corpo.

Sem ter energia, vitalidade, você não consegue executar bem as suas atividades.

Talvez canse rápido demais, talvez tenha dificuldade de concentração, talvez se irrite com facilidade… Esses são sinais de que algo precisa ser ajustado.

Fazer exercícios físicos, dormir de 6 a 8 horas de sono (durante a noite), manter seu corpo hidratado, ingerir alimentos nutritivos e saudáveis de acordo com sua necessidade nutricional…

Até mesmo suplementar sua alimentação com vitaminas (de acordo com orientação do seu médico ou nutricionista) são hábitos que te farão ter muito mais disposição e vigor para dar conta das tarefas cotidianas, além de manter sua saúde em dia.

Quando você dorme bem, se alimenta bem, e se exercita, seu corpo libera neurotransmissores que te tornam uma pessoa muito mais produtiva e geram sensação de bem estar.

 

como-ter-uma-vida-mais-leve-central-das-orações-1

 

4. Aprenda a Relaxar


 

Uma mente barulhenta é uma mente improdutiva.

De nada adianta cuidar da saúde, organizar a rotina, cuidar do corpo, se não adicionar o relaxamento à essa lista.

Precisa aprender a se divertir, a descansar, a silenciar sua mente.

Quando estiver listando suas atividades diárias, encontre um momento que será dedicado ao seu lazer. Neste momento você deve se desligar do mundo, das preocupações, do trabalho, e apenas relaxar.

Identifique atividades que você considera agradáveis, e que te promovem bem estar. Algumas sugestões comuns:

 

  • Ler um bom livro;
  • Assistir séries;
  • Fazer uma caminhada ao ar livre;
  • Meditar (exercitando sua conexão com Deus e fortalecendo sua fé);
  • Pintar ou fazer artesanato;
  • Ouvir música;
  • Sair para conversar com amigos;
  • Aprender a dançar;
  • Viajar;
  • Brincar com seu animalzinho de estimação;
  • etc.

 

As opções são as mais diversas, e vão variar de acordo com sua personalidade e estilo de vida. Apenas encontre o que funciona para você, e aplique na sua vida de forma consistente.

As vezes o simples hábito de não fazer nada é justamente o que te falta.

Entendo que uma rotina atribulada não permita esse luxo, mas tente reservar pelo menos cinco minutinhos para sentar, relaxar, e apreciar o nada. Sem celular, sem computador, sem televisão… Apenas o nada.

Mudar hábitos não é algo simples, nem rápido.

Você já está adaptado à sua rotina agitada durante muito tempo; logo, não será de forma imediata que acrescentará novos hábitos e os manterá de forma consistente.

Inclusive, é esperado que não consiga implementar muitas mudanças ao mesmo tempo, então faça uma coisa por vez.

Identifique que área é mais importante trabalhar no momento, e comece por ela. Aos poucos você vai expandindo seus novos hábitos, e quando perceber já estará vivendo uma nova rotina mais leve e agradável.

Se a sua rotina não inclui horários e tarefas específicas e bem delimitadas, é por aí que você deve começar a resolver o problema. A organização é a base para uma vida funcional.

Você só precisa de disciplina e consistência. Experimente e depois nos conte.

Fique bem.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.