Religião
O que a Bíblia ensina sobre Liderança: 04 Lições Essenciais

O que a Bíblia ensina sobre Liderança: 04 Lições Essenciais

Liderança é uma qualidade inata para algumas pessoas, mas uma habilidade a ser desenvolvida por outras; essencial para saber gerenciar a própria vida pessoal ou profissional.

Quando buscamos por este tema na Bíblia, percebemos que ela nos ensina sobre uma liderança proveniente do servir, de ser útil, e não de ser servido, ou ser dominador.

E isso é notório através dos diversos exemplos de líderes citados dentro da história sagrada.

Jesus Cristo, por exemplo, é o maior exemplo de líder que podemos ter.

Seus ensinamentos, conduta, e princípios, nos mostram o retrato fiel de uma pessoa que sabe conduzir naturalmente, e que detém imensa admiração daqueles que o seguem.

Em suas próprias palavras: “O Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos”.

O que podemos, então, aprender sobre liderança com Jesus e outros exemplos da Bíblia?

 

1. Liderança e Humildade caminham juntas


 

Conforme comentado acima, liderar é sobre servir. E um bom servo sabe ser humilde e respeitador.

Segundo a Bíblia, para exercer a liderança com sabedoria, não há espaço para soberba, egoísmo, ou arrogância. Essas coisas não coexistem.

Um bom líder precisa saber receber feedbacks, e isso requer empatia, aceitação, e discernimento. É necessário saber ouvir e acolher, reconhecer erros, falhas, pedir desculpas.

O líder pensa no grupo, no bem estar comum, não em benefícios pessoais, muito menos com objetivos egoístas.

Não é sobre ser fraco ou vulnerável. Não é sobre fazer o que quer.

Quando falamos em humildade, falamos sobre conseguir transmitir uma mensagem se comunicando de forma adequada, de igual para igual, em uma relação horizontal e não vertical.

É preciso haver responsabilidade e algum grau de sacrifício e abdicação no exercício da liderança.

Como vemos em Mateus (24:45-51): “Honestidade e integridade, sem as quais a liderança é destrutiva e perniciosa”.

 

o-que-a-biblia-ensina-sobre-lideranca-central-das-orações-1

 

2. Um bom Líder dá o Exemplo


 

Para exercer a liderança com sabedoria, é preciso ser um espelho que reflete nos liderados aquilo que exige deles. Ou seja: viver o que prega; ser exemplo.

Não há espaço para hipocrisia. Não é possível exigir dos outros aquilo que você mesmo não segue, que não executa na sua vida.

Um bom líder precisa de credibilidade, de autoridade; e essas qualidades não são adquiridas sem que haja o exercício prático; sem que as pessoas vejam motivos para crer.

É preciso ter ética e moral, e isso é conquistado através de ações práticas, de comportamento.

Como vemos em Provérbios (28-12): “Um bom líder é alguém que ganha a confiança dos liderados”.

 

3. Que haja Planejamento!


 

Um bom líder precisa saber gerenciar pessoas e processos, e para isso é preciso desenvolver habilidades de planejamento.

Conforme escrito em Lucas (14:28-30): “Planejar é parte das atividades exigidas de um líder”.

Todo líder está em busca de alcançar um objetivo, está caminhando na direção de algo. Logo, para obter êxito nessa empreitada, é necessário traçar metas e caminhos a serem seguidos.

Para tal, é importante saber sobre gestão, especialmente sobre condução de pessoas, gestão de crise, e delegação de tarefas.

O próprio significado da palavra demonstra que liderança é a arte de conduzir pessoas.

Ou seja: tentar resolver tudo sozinho, ou como dizem coloquialmente: “abraçar o mundo com as pernas“, não denota liderança.

Muitos “líderes” assumem esse papel de “faz tudo” por medo.

Acreditam que ao transmitir todo o seu conhecimento e delegar tarefas importantes, ele perderá seu posto. A consequência é o acúmulo desordenado de tarefas que deveriam ser repassadas – e até melhor executadas – para outras pessoas.

 

4. Motivar é preciso


 

Um bom líder entende o que motiva seus liderados. Motivação é um elemento importante, e diretamente vinculado à produtividade.

Quando estamos desmotivados, tendemos a apresentar uma queda na nossa energia e no nosso rendimento. Logo, o papel do líder é manter acesa a chama da motivação, evitando que seus liderados fraquejem e percam o foco.

No nosso cérebro, a motivação está diretamente vinculada a um neurotransmissor chamado ‘dopamina’.

A dopamina é liberada quando sabemos que existe uma recompensa a seguir. E quando recebemos a recompensa, sentimos uma onda de prazer e bem estar que nos motiva a continuar.

Basicamente: sem dopamina, sem motivação.

E a melhor forma de motivar as pessoas é através da comunicação. Lembre-as do motivo pelo qual elas estão fazendo isso, e a recompensa que as aguarda logo adiante.

Cada pessoa tem seus próprios motivadores individuais, mas também há os motivadores de grupo – geralmente atrelados ao sentimento de conquista, de vitória, de disputa (saudável).

Elogios e reconhecimento também são elementos importantes nesse cenário. As pessoas gostam de ter o seu esforço valorizado. Na psicologia isso é chamado de Reforço Positivo.

Sempre que um liderado fizer algo bem feito, recompense-o por isso. Reconheça, elogie, aprecie o trabalho bem feito.

 

o-que-a-biblia-ensina-sobre-lideranca-central-das-orações-

 

O Perfil de um Líder


 

Se você nasceu com uma predisposição a liderar pessoas com facilidade, parabéns. No entanto, se esta habilidade não faz parte do seu repertório, não se preocupe, pois ser um bom líder é uma habilidade que se desenvolve com treino.

O que você precisa fazer é avaliar suas competências, e listar aquelas que não estão boas o suficiente, ou estão ausentes. Identificando-as você consegue estudar em prol de desenvolvê-las.

Uma pessoa com perfil de líder geralmente apresenta características como:

 

  • Boa oratória e facilidade de comunicação;
  • Visão estratégica e facilidade em encontrar soluções;
  • Capacidade de observação e análise;
  • Gestão de conflitos;
  • Facilidade com Networking;
  • Olhar analítico e estratégico;
  • Paciência e resiliência;
  • Capacidade de planejamento e produtividade.

 

Todas essas habilidades são passíveis de serem adquiridas por meio de treinamentos e aplicação prática.

Você não precisa atingir a perfeição para ser um bom líder; só precisa dar o seu melhor, e estar em constante desenvolvimento da sua melhor versão.

Quanto mais você praticar, mais fácil ficará, e mais rápido essas novas habilidades farão parte de quem você é.

Peça a Deus que te dê a sabedoria necessária para liderar, e Ele atenderá ao seu pedido. Como diz em Tiago (1:5): “Se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á dada”.

Fique bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.